quarta-feira, 30 de julho de 2014

Caso Joanna Marcenal, 4 anos depois: o assassinato impune e o efeito dominó






Ontem abri o Globo ponto Com e já na primeira página li sobre mais dois assassinatos de crianças, um cometido pelo pai e outro pela mãe...

A mãe alega que a criança insistia em brincar com seu celular e resolveu matá-la e esconder seu corpo abaixo de um sofá...

O pai, lutador de jiu-jitsu, matou o menino com golpes de luta marcial...

A banalização da vida de crianças é fruto direto da falta de pulso do Judiciário em punir exemplarmente estes desgraçados sociopatas que vão se multiplicando sobre a sombra da impunidade...

A Polícia prende, investiga, reune provas e entrega para o Judiciário demonstrar a mesma agilidade que um cone de trânsito...

Depois de quatro anos da morte da menina Joanna Marcenal seus assassinos foram identificados; fichados;  tocaram piano e ficou tudo estagnado até onde as investigações esbarraram na inércia do Judiciário...

O assassinato sob tortura da menina Joanna Cardoso  Marcenal é tão vergonhoso que mesmo após o pai da menina, o serventuário judicial André Rodrigues Marins, confessar candidamente que amarrava a criança pelos pés e mãos com fita crepe e a deixava sobre fezes e urina ele permanece em liberdade dando expediente na 5a. Vara Cível do Tribunal de Justiça do RJ em Campo Grande...

Se o Judiciário tivesse cumprido sua missão de enquadrar este boçal com eficiência, certamente   outros crimes similares teriam sido evitados...

Ao vagabundos pais, mães, madrastas ou padrastos presenciarem que matar inocente  não dá em nada mesmo, não titubeiam em aniquilar crianças que estão sob suas guardas...

Assim como no Caso Joanna Marcenal, pai e madrasta arquitetaram assassinar criança se tornou tão corriqueiro que dificulta até mesmo a gente  lembrar de cada um...

Foram muitos que poderiam ter sido evitados se o pai(?) André Rodrigues Marins e madrasta Vanessa Maia Furtado estivessem purgando seus infernos atrás das grades...

 Qualquer advogado garantirá aos seus clientes bandidos  que nada irá acontecer e os acusados vendem imóvel, carro e esvaziam poupanças para quitação de um rachucho que a inoperância do poder público nos deixa a vontade para devanear sobre as piores locupletações...

O desfecho atual do  sacrifício da menina Joanna Cardoso Marcenal e o é salvo conduto e jurisprudência específica para todas barbaridades contra crianças não terem castigo...

André Rodrigues Marins e Vanessa Maia Furtado - os criminosos que mataram Joanna - ainda se arrojam na internet tentando intimidar, debochando e desqualificando todos que se dispõem a cobrar Justiça para Joanna Marcenal...

Diversas pessoas já se retiraram da Rede temendo ameaças dos sociopatas que trucidaram Joanna...

Pessoas de boa índole e  bons princípios que têm medo justificado  do que estes facínoras sem limites podem arquitetar...

Chegamos ao cúmulo de sermos enquadrados por dementes portadores de capacidade  mental doentia  de matar criança e não sentirem culpa alguma...

Tempos desses, já contei por aqui, um amigo me disse que de nada adiantaria persistir na perseguição aos assassinos da menina; que assassinato é definitivo; que mesmo que conseguisse refazer a translação da Terra  eu não conseguiria desfazer o que estes idiotas fizeram...

Quando cheguei muito próximo  do assassino de Joanna e ele correu desesperado ao me identificar, evaporando no meio da multidão,  lembrei de outro amigo que afirmou que se conseguisse capturá-lo só resolveria algo pessoal e não uma causa como o Caso Joanna ser julgado de forma exemplar evitando outras mortes...

Eu sei disto tudo...

Sei também que André Rodrigues Marins e Vanessa Maia Furtado contam que toda esta engenharia imunda nos fará desistir...

Que nada...

Quanto mais pessoas  desistem de encontrar cada rastro de André Rodrigues Marins e Vanessa Maia Furtado potencializam nossa obrigação de persistir...

Se qualquer um de vocês souber de qualquer pegada de André Rodrigues Marins e Vanessa Maia Furtado, por favor, me enviem...

De preferência o atual endereço do macabro casal...

Prometo não divulgar a fonte...

Estes bandidos confiam em nossa covardia inexistente...

Nosso medo não teme ninguém...

 Estaremos em todos lugares...

Eu prometi desde o princípio...

Iremos até o final...

Quem duvidou, se ferrou...

Estarei sentado no primeiro banco do auditório do Juri Popular do Caso Joanna...

Duvido que eles me encarem...

E sairei logo depois da sentença...

Sem festejar, sem nada, em silêncio...




Jorge Schweitzer





Fausto Fanti, humorista do 'Hermes e Renato' é encontrado morto em seu apartamento em Perdizes, SP






Morre humorista Fausto Fanti, integrante do 'Hermes e Renato'
Segundo Polícia Civil de São Paulo, ele foi encontrado por seu amigo de infância na tarde desta quarta-feira, 30, no apartamento onde morava.


Thaís Sant'Anna
Do EGO, em São Paulo


Fausto Fanti, dao grupo de humor "Hermes e Renato", foi encontrado morto nesta quarta-feira, 30, em São Paulo, às 16h56. A 23ª Delegacia de Perdizes, que registrou o caso, confirmou ao EGO a morte do humorista, que interpretava Renato.

Segundo a polícia, ele foi encontrado no chão do banheiro de seu apartamento em Perdizes,  Zona Oeste de São Paulo por seu amigo de infância e também integrante do "Hermes e Renato", Adriano Silva. Fausto estava com um cinto no pescoço.

Fausto tinha uma filha, Nina, de 8 anos, de seu casamento com Karla Peixoto Sento Sé.

Fausto ficou famoso por interpretar o personagem Renato no humorístico "Hermes e Renato", que estreou na MTV Brasil em 1999. Além dele, faziam parte do grupo Adriano Silva, Felipe Torres, Bruno Sutter e Marcos Alves. O sucesso do grupo fez com que eles criassem outros produtos para a emissora, como novelas humorísticas, dublagens de filmes e sátiras musicais, como a banda fictícia de heavy metal Massacration, que até hoje excursiona por todo o Brasil.

Em 2010, o grupo foi trabalhar no programa "Legendários", de Marcos Mion, e como os direitos do nome "Hermes e Renato" pertenciam à MTV, a o grupo passou a se chamar Banana Mecânica.

Em 2013, eles abandonaram o novo nome e retornaram à MTV Brasil, com exceção de Felipe Torres, que permaneceu no programa da Record. Em 2014, o grupo estreou no FX Brasil




Sol volta ao RJ nesta quarta feira 30/07/2014




Rodrigo Bethlem renuncia candidatura a reeleição após escândalos





'O Bethlem renunciou', declara Pezão
Deputado é investigado por esquema de corrupção

O DIA

Rio - O governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), revelou na tarde desta quarta-feira, ter recebido informações de que o deputado federal Rodrigo Bethlem (PMDB) não vai concorrer à reeleição. Pezão fez a declaração durante visita às obras do Condomínio Jardim Beija-Flor, no Complexo do Alemão, que abrigará 200 famílias de Manguinhos e do próprio Alemão.


"O Bethlem renunciou, parece que ele está saindo. Ele tem se reunido com o PMDB e vai tomar a decisão. Eu estou sabendo que ele chamou diversas pessoas com quem estava 'fazendo dobradinha' e comunicou que não será candidato", disse Pezão. A assessoria do deputado, no entanto, não confirma a desistência da candidatura.




Encontrei minha Alma Gêmea







Foi ainda há pouco...

Eu estava no Prezunic da General Polidoro em Botafogo quando ela apareceu empurrando um carrinho do supermercado...

Sabe?!

Com salto alto e nem vou dizer que ela não anda, ela desfila para não plagiar  funk alternativo de gosto questionável...

Que coisa linda, meus leitores...

Estou até emocionado em narrar, juro...

Quando ela finalizava tocar a ponta do salto no chão demorava cerca de dois segundos para estremecer involuntariamente  sua supra lombar como um tsunami...

Sabem a  Beyoncé, sacudindo as ancas?!

Era ela...

Peraí, deixa eu tomar um gole de vinho enquanto escrevo...

Daí?!

Ela parou na fila do caixa e retorceu os cabelos em coque sobrando alguns fios soltos em direção a nuca...

Sabem aqueles restos que sobram na parte do pescoço?!

Pois é...

A gente é muito visual, mais vale o que deixamos de ver...

Vou continuar a narrar, mas me permitam um intervalo para enxugar as lágrimas...

Na hora percebi que aquela mulher era minha alma gêmea...

Sabem aquela coisa de alma gêmea, metade da laranja bate o coração?!

Era ela...

Pena que ela nem me percebeu...

A única coisa que sinto falta do passado é que eu era novão em folha...

Ela retorceria a cabeça feito aquela moça do Exorcista  para tentar alcançar meu olhar, sem dúvidas...

Agora, se ela me conhecesse apenas na Internet minhas chances atuais  se multiplicariam por mil...

Sei dar nó no pingo d'água das palavras para iludir qualquer mulher se sentir como uma deusa, a música na sombra e um animal que ronda...

Até blefo que somente existem dois idosos que todos mulheres almejam de verdade: Chico and Jorge...

Estou providenciando lentes verdes e aprendendo a tocar violão...

Vai que acerto na megasena acumulado e volto a ser bonito?!

Nunca se sabe?!





Jorge Schweitzer









PS: Putz, o Fáviu Juniô é um velho muito chato que fica ainda fazendo caras e bocas todo se achando, mas só encontrei este tema apropriado para a tal dona cadeiruda de supermercado... Na boa, Fáviu Jr. é o único homem - tirante a Rogéria - que fica dando trancos com a cabeça para ajeitar o penteado; mas conhecido na Lapa como bater cabelo... 







Rodrigo Bethlem na Bacia das Almas








Psicanalisando com aprofundado  olhar isento saltimbanco  e amadorísticamente circense conclui-se de pronto que   Vanessa Felippe -  esposa do deputado federal Rodrigo Bethlem,   double de intermediário cambrone  de ong espírita -   é doida varrida mesmo...

Concordo plenamente com a atriz Maria Zilda Bethlem, completamente...

Vanessa Felippe recebe 20 mil reais em dinheiro vivo e reclama que é pouco, que tem conta de gás e luz atrasada...

Vinte  mil  cash e não dá para Vanessa Felippe quitar  bujão de gás que custa 37 reais na favela?!

O gás é encanado?

Na boa, mesmo se a Vanessa Felippe passar o dia inteiro com o registro do fogão aberto para fazer quarenta bolos prá fora para complementar a pensão alimentícia mixaria e tomar cinquenta banhos de chuveiro durante o dia não passa de 300 reais a conta...

É  físico e matemático,  não bate a ficção Vanessa Felippe com a realidade com proventos do  Rodrigo Bethlem...

E, gastos da  light atrasados?

Vi nas imagens dos vídeos em que aparecem o apartamento da Vanessa Felippe que ela possui split, suponho que em todos os cômodos,  e mesmo com todos ligados vinte e quatro horas não fecha o consumo  em mais de 600 reais...

Tem algo errado,  a Vanessa está nada bem...

Já com tanta irregularidade neste relação Rodrigo Bethlem contra Vanessa Felippe qual problema de providenciaram um gato na luz do apartamentão?

Agora,  como é que Rodrigo Bethlem consegue dispor-se  de 20 mil reais em faz-me-rir vivo se seu salário de secretário do Cabral e do Paes não chegam a quinze pilas?

Pior ainda, dona Maria Zilda, como é que a campanha eleitoral milionária  do Rodrigo Bethlem já está nas ruas com tanta pompa e circunstância?

Quem banca o esbanjamento focando escrutínio de alguém durango kid de marré deci?

Rodrigo Bethlem possui fortuna  herdada em família que lhe proporciona tal rebuceteio?

Tá bom: Vanessa Felippe é louca e ponto; e nós, palhaços virgula...

Mas...

Como Rodrigo Bethlem explica ter afirmado categoricamente  possuir  conta na Suiça e receber 100 paus por mês irregulares?

O imbróglio Rodrigo Bethlem Vs Vanessa Felippe lembra o féretro  ex-prefeito Pitta e sua ex-esposa  
Nicéia...

Pitta era afilhado Maluf que lhe reservou o   abandono  após as denúncias...

Rodrigo Bethlen é filho da atriz Maria Zilda,  além afilhado do Paes; Cabral e Pezão...

Duvido que os padrinhos permaneçam no altar ao molhando suas fatiotas com  respingos da bacia das almas do Rodrigo Bethlem...

Já, mãe é mãe...

Assim como...

Paca é paca!




Jorge Schweitzer








Atriz Maria Zilda, Rodrigo Bethlem e a Descontinuidade de Gutemberg






A atriz Maria Zilda postou o seguinte recado em seu facebook:

“Digno, decente, um pai impecável, um ser humano de generosidade ímpar! Vítima de uma doente mental, perdedora e rancorosa! Paz e luz para minha família que vai segurar com ele, de cabeça erguida, isso tudo! Posso atestar sua honestidade. E há 20 anos, quando ele começou na política eu avisei a ele: ‘cuidado, você não é malandro nem mau caráter. Um dia você poderá sofrer!’”.



Pô, na boa Zilda Bethlem, sair de cabeça erguida acho improvável...

A menos que o Rodrigo Bethlem afirme que nas gravações estava blefando sobre os 100 mil reais que recebia por mês da entidade ongueira e espírita Tesloo...

 Que o tal 'Lanche' era Big Bobs combo...

Nas gravações o Rodrigo Bethlem não transparece parecer este menino mimado e inocente que a Maria Zilda tenta nos desenhar feito um sacristão de paróquia de arrabalde...

Tentar nos fazer de trouxa é feio, Dona Maria Zilda, não somos palhaços...

A sétima arte  - onde o Oscar vai para  a  melhor   canastrice  que  ludibria a platéia com falsa interpretação de um personagem fictício - não serve para nos enfiar nariz  vermelho de babacas, Dona Maria Zilda Bethlem...

Grana pública foi tungada  de maneira sem vergonha e isto é muito sério, Sra. Maria Zilda, embora recorrente no serviço público onde Rodrigo Bethlem saracoteia perseguindo miseráveis camelôs e forrando a algibeira com os alforges de caçador de  over price tradicionalmente repassada para parceiros do crime contra o Erário...

Em qualquer país sério Rodrigo Bethlem estaria preso e preventivamente incomunicável para não atrapalhar investigações ou pressionar para que sua ex-esposa Vanessa Felippe se auto denomine doida com atestado de psiquiatra comprado  e tudo...

Mas, Rodrigo Bethlem não é pior do que todos estes políticos que estão aí; simplesmente foi pilhado com a mão atolada na cumbuca tal beijo de batom vermelho na cueca arriada...

Rodrigo Bethlem estará marcado para sempre...

Até quando Rodrigo Bethlem chegar ao céu, São Pedro irá coçar o queixo e ao conferir ao livrão:

- Ih, você é o filho da Maria Zilda?!

- Sim, senhor!

- Primeira porta vermelha a direita;  aperta o botão  sub-solo  magma descontinuidade de Gutemberg, por favor!




Jorge Shweitzer





terça-feira, 29 de julho de 2014

Israel mata inocentes usando Hamas como desculpa





Tiago Ahmar de Moraes, lutador de jiu-jitsu de 25 ano, é preso por espancar seu filho de 2 anos de idade até a morte em Vinhedo SP




Justiça decreta prisão de lutador suspeito de matar o filho espancado 

Campinas e Região | G1


  
A Justiça de Vinhedo (SP) decretou, nesta segunda-feira (28), a prisão temporária do lutador de jiu-jitsu Tiago Ahmar de Moraes, de 25 anos. Segundo a Polícia Civil, o jovem é suspeito de ter causado a morte do próprio filho, de 2 anos de idade, após submeter a criança a seções de espancamento, inclusive, com golpes da arte marcial praticada por ele. O suspeito, que já esteve preso por tráfico de drogas e por roubo, está foragido.

O garoto morreu na quinta-feira, no Hospital de Clínicas da Unicamp, após ficar internado durante uma semana com traumatismo craniano e perfuração de órgãos vitais, segundo relatos de familiares à polícia. No primeiro atendimento médico de Iago Vinícius de Moraes, em um pronto-socorro de Vinhedo, os profissionais de saúde desconfiaram da versão dos pais de que a criança havia caído de um brinquedo e acionaram o Conselho Tutelar.

Um inquérito foi instaurado após a morte da criança e, de acordo com o chefe de investigação da Delegacia de Vinhedo, José Carlos de Moraes, a polícia ouviu médicos e familiares do garoto. Alguns desses parentes contaram que o pai tinha problemas com droga e que as agressões eram frequentes. A polícia teve acesso a fotos do bebê com marcas das pancadas.

Espancamento no banho

A partir dos relatos das testemunhas, a delegada titular de Vinhedo pediu a prisão de Tiago porque entendeu que ele é o principal suspeito da morte. No dia em que o garoto passou mal, a mãe havia saído de casa e deixado ele com o pai. Quando voltou, o garoto estava de banho tomado na cama em convulsão. Apesar de conhecer o histórico da relação do lutador com o filho e de saber que os espancamentos ocorriam geralmente durante o banho do menino, a mãe se sentiu intimidada e, na ocasião, disse que Iago tinha caído de um brinquedo no parque.

No dia do sepultamento do menino, o G1 conversou com alguns familiares da vítima, que já contestaram a versão da queda do brinquedo e falaram sobre a suspeita de envolvimento do pai, que não esteve presente nem no velório e nem no enterro.

O suspeito

A Polícia Civil apurou que Tiago Ahmar de Moraes é usuário de cocaína e de crack. Segundo o chefe de investigação, ele fica agressivo em decorrência da dependência desses entorpecentes. O jovem, que é faixa azul de jiu-jitsu, é de família de classe média alta em Vinhedo, filho de um médico e de uma psicóloga. Durante as buscas por ele nesta terça-feira no condomínio fechado onde os pais vivem, segundo a polícia, foi dito que ele estava com medo e, por isso, fugiu.

Nenhum advogado se apresentou à polícia como defensor do lutador. Apesar disso, o G1 tentou contato com um advogado de Campinas que o defende em outros casos, mas ninguém foi localizado para comentar os fatos.



PS: Recentemente outro professor de jiu-jitsu espancou até a morte seu enteado após abusar do menino e na cadeia foi todo perfurado e após remendado no hospital público voltou para a cela para novamente ser molestado... Tomara que com este Tiago acontece algo pelo menos idêntico... JS


Marília Cristiane Gomes, de 19 anos, é presa após matar seu filho de dois anos em Ibirité, região metropolitana de BH, MG





‘Bastante fria’, diz delegado sobre mulher que confessou morte de filho
Ela alegou que não teve ‘intenção alguma de tirar a vida’ do garoto.
Corpo foi encontrado escondido dentro de sofá em Ibirité, na Grande BH.
Raquel Freitas

Do G1 MG


O delegado Davi Batista, responsável pela investigação da morte de um garoto de dois anos, cujo corpo foi encontrado dentro de um sofá, em Ibirité, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, disse nesta terça-feira (29) que a frieza da mãe do menino chamou a atenção da polícia. Marília Cristiane Gomes, de 19 anos, foi detida nesta segunda-feira (28) após confessar o crime.

“No momento da oitiva e da inquirição pelos policiais, ela se mostrava bastante fria e descreveu com detalhes toda a ação, desde a agressão que ocasionou a morte da criança até a ocultação do corpo”, afirmou o delegado.  Ele ainda contou que os investigadores também observaram que a jovem agia com calma e tranquilidade quando estava no Instituto Médico-Legal (IML) para fazer a liberação do corpo de Keven Gomes Sobral.

Segundo Batista, a mãe agrediu o menino, na última quinta-feira (24), após ele tentar pegar o telefone dela. “Ela disse que a criança tentou pegar o celular dela. Quando ela foi pegar o celular da mão da criança, a criança tentou revidar com um tapa no rosto dela, ela segurou a criança pelos dois braços e jogou a criança contra a cama. Neste ato, a criança veio a bater a cabeça na parede e ocasionou o traumatismo craniano, que provavelmente levou à morte da criança”, relatou. Segundo ele, somente a necropsia poderá determinar se o garoto foi colocado ainda com vida dentro do sofá na casa dos tios.
Keven Sobral, de dois anos, foi encontrado morto dentro de sofá (Foto: Reprodução/TV Globo)
Keven Sobral, de dois anos, foi encontrado morto
dentro de sofá (Foto: Reprodução/TV Globo)
Durante apresentação nesta terça-feira, Marília disse aos jornalistas que não teve intenção de matar o menino. “Foi um acidente, sim. Eu não tive intenção alguma de tirar a vida dele. Ele era tudo que eu tinha”, alegou. Ela afirmou também que não procurou socorro para o filho “com medo de alguém fazer alguma coisa” com ela.

Segundo o delegado, naquele mesmo dia, a jovem registrou um boletim de ocorrência de desaparecimento do garoto. Na sexta-feira (25), o Corpo de Bombeiros chegou a fazer buscas pelo garoto. O corpo só foi encontrado neste domingo (27), depois que os tios do menino, que estavam viajando, chegaram em casa e sentiram um cheiro forte. O imóvel fica no mesmo terreno em que Keven morava com os pais.

De acordo com Batista, antes de confessar o crime, indiretamente, Marília tentou colocar a culpa no companheiro, Cláudio Ribeiro Sobral, de 31 anos, e nos cunhados. Ele afirmou que acredita que Marília agiu sem conhecimento de Sobral. “Com relação ao pai, nós praticamente descartamos [o envolvimento]. Ela [Marília] descartou totalmente a participação dele”, pontuou. O delegado ainda acrescentou que, ao saber que a companheira havia confessado a morte do filho, Sobral chorou bastante e precisou ser amparado por policiais. 

A investigação está em fase inicial e outros detalhes do caso, como a relação da mãe com o garoto, ainda vão ser apurados. A polícia já pediu um levantamento ao Conselho Tutelar de Ibirité sobre possível histórico de maus-tratos. Segundo Batista, a delegacia da cidade apurou que, aos quatro meses, o garoto sofreu um afogamento durante o banho. Sobre este episódio, Marília afirmou que o filho se afogou depois de ela ter desmaiado.

Nesta terça-feira (29), a polícia pediu a conversão da prisão em flagrante em preventiva. A mãe do menino deve responder pelos crimes de ocultação de cadáver e homicídio. De acordo com Batista, o prazo para conclusão do inquérito é de dez dias.

Enterro
O corpo do menino Keven Gomes Sobral foi enterrado no início da tarde desta terça-feira (29) no Cemitério Municipal de Ibirité, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O pai da criança, Cláudio Sobral, precisou ser amparado no por parentes no momento do sepultamento. Ele estava abalado e chorava muito.


PS: Não basta apenas a polícia prender; enquanto a Justiça assistir passivamente a morte de crianças sem demonstrar dureza na penalização de bandidos que matam crianças continuaremos a presenciar este desfilar dos horrores sem fim... JS

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Fotos do que sobrou da Lancha Toropi








Semana passada postei o texto 'O menino e a Lancha' (http://taxiemmovimento.blogspot.com.br/2014/07/o-menino-e-lancha-toropi.html) onde eu narrava sobre o rebocador Toropi que eu passava períodos da minha infância embarcado com meu pai...

Hoje,  recebi as fotos acima - por gentileza da  sra. Clara de Borba,   da Assessoria de Comunicação Social da Superintendência de Portos e Hidrovias do Governo do Estado do Rio Grande do Sul - e o recado que meu texto será postado no site da instituição em homenagem ao Dia dos Pais...

Foi  muito bacana fazer esta viagem sensacional ao passado, mergulhando no túnel do tempo 50 anos atrás...

A Toropi, apesar de agora somente sucata, é exatamente idêntica a minha recordação: cabine de comando na parte mais alta onde meu pai indicava que eu devia mirar na ponta do barco na na frente  e acertar o leme sempre centralizando a manobra, a única diferença é que eu acreditava que existia uma imagem de uma gaivota no bico do barco que, ou não existiu que não na minha imaginação de menino ou foi retirada para adornar outro local...

O convés com aquela tampa do porão para entrar na casa de máquinas; os alojamentos...

Ah, sim; engraçado que a embarcação era na realidade um rebocador e seria 'o Toropi' mas todos diziam, na época,  estamos 'na Toropi' e a chamavam de lancha...

Agora...

Somente a Internet nos proporciona resgatar estas lembranças e encontrar vestígios do passados...

Obrigado, Clara!



Jorge Schweitzer













domingo, 27 de julho de 2014

Israel e o genocídio de crianças palestinas na Faixa de Gaza




André Rodrigues Marins permanece solto 4 anos após matar sua filha Joanna









No próximo dia 13 de agosto de 2014 se completam 4 anos da morte da menina  Joanna Cardoso Marcenal...

Joanna foi assassinada aos cinco anos de idade pelo pai, o serventuário do TJ/RJ André Rodrigues Marins, e pela madrasta, Vanessa Maia Furtado...

Joanna igualmente possuía o sobrenome Marins, que prefiro não incluir quando a cito...

Ontem estive assistindo a entrevista da assistente social Edelvânia Wirganovicz que ajudou a madrasta Graciele Ugulini  matar o menino Bernardo Boldrini e revi o vídeo do depoimento do André Rodrigues Marins confirmando que amarrava Joanna Marcenal sobre fezes e urina em cima de um pequeno  tapete... 

Edelvânia masca chicletes e conta todo o episódio como se comentasse a novela das nove, André Rodrigues Marins igualmente demonstra a mesma tranquilidade imbecil que nos dá vontade de pegar um pedaço de madeira daqueles dos bons  e esmigalhar seu cérebro com uma tacada só como o Robert de Niro fez interpretando Al Capone em Os Intocáveis...

Na boa, não tenho ímpetos de violência desnecessários, mas este vagabundo André Marins  e esta vagabunda Edelvânia Wirganovicz nos revolvem  sentimentos primários por Justiça rudimentar...

Logicamente, os advogados destes desgraçados poderão até pensarem em  grifar este meu texto para me processarem, embora eu esteja apenas e tão somente descrevendo o que todo mundo sente ao presenciar estes infames debochando das suas vítimas...

Só que na cadeia existem sanguinários que não temem mais processos e André Rodrigues Marins e Edelvânia Wirganovicz  terão sérias dificuldades de saírem vivos de lá...

Na verdade, ser processado por caçar imundo  assassino  da própria filha de cinco anos de idade se trata de algo relevante  que confere  orgulho à qualquer curriculum vitae e que será relembrado daqui a cem anos após minha morte... 

E...

Esta coisa que um sexto da pena com atenuantes irá colocar na rua rapidamente André Rodrigues Marins e Edelvânia Wirganovicz , assim como seus cúmplices, juro que não me incomoda...

Quero vê-los na cadeia apenas pelo tempo suficiente para que todos presidiários descubram  que eles assassinaram uma criança e ocorra a primeira rebelião...

Se alguém proclamar que isto é apregoar a violência e  incentivar justiça pelas próprias mãos, devo informar que ninguém na cadeia lê meu blog e que apenas reproduzo aqui o que se conhece como secular justiciamento no cárcere contra bandidos que trucidam inocentes...

Sinceramente, acredito que  somente uma pena de muitos anos de cadeia para Edelvania Wirganovicz e André Rodrigues Marins, com todas agravantes que estes crimes brutais contemplam a absoluta covardia, será a única atenuante para eles permanecerem vivos atrás das grades...

Se outros presidiários souberem detalhes dos crimes -  e tomarem conhecimento que a pena foi de alguns meses apenas -  o juiz estará definitivamente  condenando André
Rodrigues Marins e Edelvânia Wirganovicz  a morte na cadeia...

Particularmente prefiro que André Rodrigues Marins cumpra a pena preso e vivo por muitos anos por homicídio triplamente qualificado e tortura continuada como está sendo indiciado por determinação unânime de uma bancada inteira de desembargadores;  agora, se o Judiciário optar por   enquadrá-lo  apenas por tortura sem intenção de matar praticamente o entregará de bandeja para ser queimado vivo na cadeia...

O crime praticado por André Rodrigues Marins e Vanessa Maia Furtado contra a menina Joanna Cardoso Marcenal  é dessas monstruosidades que Justiça tem obrigação de penalizá-los exemplarmente até para protegê-los de retaliação no presídio;   tanto no sentido figurado de repúdio  quanto  no concreto de separá-los em partes...

Quem me acompanha pode comprovar que avisei com grande antecedência e com todas as letras  que o assassino da menina de três anos no condomínio em  Trancoso - que persegui em todas etapas e igualmente fui ameaçado com processos - seria condenado para logo após  ter vida breve na cadeia e não deu outra...

Na realidade, André Rodrigues Marins e seu tio político decadente ao invés de me processarem deveriam me recomendar à  Condecoração Pedro Ernesto, Medalha Tiradentes, título de Comendador por estar avisando com devida antecedência que ele será estripado em Bangu 8 e, de posse nestas informações robustecidas na realidade, pleitearem pena longa e isolamento completo em penitenciária de segurança máxima onde estão o Marcola e o Beira-Mar...

Agora...

No Juri Popular em que André Rodrigues Marins irá aboletar-se no banco dos réus será pleno, unânime e completo por sua condenação...

Não há nenhuma possibilidade contrária, zero...

A partir dali a ampulheta será virada pingando cada gota de areia que dificilmente
chegará ao final da dosimetria carcerária  com André Rodrigues  Marins ainda respirando...

Desnecessário  possuir  vigorosos  poderes premonitórios: André Rodrigues Marins é um espectro fedorento  que ainda se move  apesar do prazo de validade vencido do  presunto...

Não tenho pressa...




Jorge Schweitzer





É bom ser do bem








Foi neste  sábado...

O trânsito parado na frente da C&A da Praça Saenz Pena do RJ...

Um senhor de uns cinquenta anos de idade ousa atravessar o trânsito no meio dos carros ignorando  a segura  faixa de pedestres a uns oito metros mais a frente...

Só que, ele tinha muitas dificuldades de andar arrastando a perna direita com seu braço igualmente paralisado por algum AVC...

Todas pararam para ele atravessar muito devagar na torcida para que conseguisse pelo menos chegar ao meio fio central que separa a avenida na frente da Praça...

Era uma agonia presenciar aquilo...

Até que chegou mas não conseguiu galgar os dois andares altos do tal meio fio...

Ficou tentando diversas vezes erguer a perna, só conseguia erguer uma das pernas por uns insuficientes 15 centímetros do chão e balançava como se fosse cair...

Pessoas na calçada olhavam sem nada fazer...

De repente, um taxista saltou do táxi no meio do engarrafamento e resolveu ajudar...

Pronto, resolvido...

O taxista ainda olhava para o carro que deixou de porta aberta imaginando que o trânsito intenso poderia voltar a andar...

Que nada, todos  carros pararam para olhar a cena até que se completasse no final da última calçada, como numa reverência...

O taxista retornou ao carro de cabeça baixa e seguiu até ficar novamente parado no sinal da esquina da General Roca,  metros a frente, que na sincronia demorada da manobra voltou a fechar...

Daí, aconteceu algo absolutamente inesperado...

Vários carros em volta ao tal táxi começaram a buzinar insistentemente até que o taxista percebeu que algo diferente estava ocorrendo...

No primeiro momento acreditou que havia sido multado, que tenha feito algo imprudente...

Que nada...

O automóvel ao lado, com duas senhoras a bordo começaram a aplaudir e gritar como se o Brasil acabara de se sagrar campeão da Copa 2014...

Outros em carros em volta passaram a acompanhar o aplauso que foi se ampliando até as pessoas na calçada...

A reação da platéia foi mais emocionante que o normal gesto de ajuda...

Lógico, deve ter dado vontade de sair do carro para saborear aquilo tudo, mas não o fez...

O taxista acenou; aplaudiu também, meio encabulado;  e seguiu em frente acompanhando o buzinaço que o seguiu até a esquina da José Higino onde desembarcou o casal de passageiros que tiveram o privilégio de testemunhar a cena completa...

Foi bacana, acho que este tal  taxista jamais esquecerá...

Muito legal...

Tem horas que fico me questionando se vale mesmo a pena ser do bem...

Ontem tive certeza...





Jorge Schweitzer


Rodrigo Bethlem alega que Vanessa Felippe é doida




COMUNICADO
Tendo em vista a gravidade das declarações feitas por minha ex-mulher às revistas Veja e Época desta semana, venho declarar em respeito aos meus filhos e aos meus eleitores que:
1. São infundadas essas acusações e a própria autora delas adiantou-se em desmenti-las, alegando tê-las feito num momento de grave confusão mental, que resultou em três tentativas de suicídio. A última há poucos dias.
2. Toda a minha vida pública foi pautada pelo respeito às leis e pela transparência na condução de minhas atividades e, sendo assim, repudio essa irresponsável tentativa de macular a minha imagem.
3. Me causa surpresa que essas acusações tenham sido disparadas contra mim às vésperas de uma eleição, mas é visível que o intuito delas é ferir a reputação que alcancei pela minha dedicação à vida pública.
4. Durante anos procurei manter essas crises de minha ex-mulher em sigilo, na esfera estritamente familiar, mas essa atitude que ela teve, mesmo alegando insanidade, me obriga a me defender.
5. Declaro que nada tenho a temer, que não tenho contas no exterior e que tudo o que fiz nas secretarias por onde passei jamais desabonou minha conduta e que não temo nenhum exame dos atos que tomei na vida pública.
6. Nesse momento, me preocupa, mais que tudo, cuidar para que essa agressão não comprometa a saúde psicológica dos meus filhos.
7. Os documentos médicos que me foram encaminhados pelo advogado de minha ex-mulher demonstram, à exaustão, que se trata de uma pessoa que necessita de um tratamento sério e, também, compaixão, dado que não se encontra em pleno controle de sua saúde mental.
Rio de Janeiro, 25 de julho de 2014



PS: Pô, na boa 'xerife da cidade' Rodrigo Bethlem, a reprodução das conversas entre você e sua esposa são absolutamente esclarecedores e nem necessitam de outras versões fantasiosas para tentar nos fazer de bobos... Agora, lembro com nitidez quando o encontrei pela cidade logo no início da administração Eduardo Paes; o então secretário na frente de uma tropa de Guardas Municipais comandando com mão de ferro o que o senhor denominava de 'Choque de Ordem' que na realidade era caçar camelôs miseráveis muitas das vezes os espancando... O senhor Rodrigo Bethlem sempre retirava a gravata e o paletó de bom corte que deixava dentro de uma viatura oficial aos cuidados do seu chouffer e nos mostrava a camisa alvíssima de colarinho duro que (eu conheço coisa de qualidade) me pareceu fio egípcio 200, que é considerado a Ferrari das camisas brancas... Ao Rodrigo Bethlem desabar definitivamente em seu inferno astral, navegado pela ex-mulher, deve ter camelô festejando com Sidra Cerezer e charuto de encruzilhada batente cabeça prô misifio Bethlem de Aruanda da Casa Espírita Tesloo... Saravá! ... Só para encerrar, vocês sabem qual o slogan da atual campanha para reeleição do Rodrigo Bethlem? ... Vocês não vão acreditar: #fazendoacoisacerta... Imagina, se fosse a errada?! ... JS